“Kd você adorador?”

“Kd você adorador?”

Vivemos um tempo de muita incerteza quanto ao futuro quando pensamos em nós e em nossa juventude. O que eles serão quando terminarem o Ensino Médio? Farão vestibular para ingressar numa faculdade? Que cursos escolherão? E, depois de formados, que profissão exercerão? Vejamos como refletir nessas perguntas:

1. QUANTO AO NOSSO FUTURO

Pensando nesses e em outros desafios que os jovens enfrentam é que o Congresso “KD VC Adorador?” se propôs a refletir na temática que envolve todos nós, mostrando que quando olhamos para frente e vemos que temos que decidir sobre o nosso futuro é bom lembrarmos que estamos juntos e dependemos uns dos outros. Nesse sentido é que oramos uns pelos outros, amamos uns aos outros, dedicamo-nos uns aos outros, carregamos as cargas uns dos outros, perdoamos uns aos outros, confortamos uns aos outros, suportamos uns aos outros e vivemos nos relacionando uns com os outros, ou seja, não vivemos o “eu”, mas o “nós”. Somos um só corpo em Cristo Jesus.

2. QUANTO A NOSSA FIRMEZA NA PALAVRA

Parabenizamos a nossa juventude pela dedicação à obra do Senhor. Louvamos a Deus pelo o que a Bíblia diz em relação aos jovens: “Eu lhes escrevi, porque sois fortes, e em vocês a Palavra de Deus permanece e vocês venceram o Maligno” (1João 2.13b e 14b). Que maravilha é saber que a força da nossa juventude não vem deles mesmos, mas do Senhor! Que bom é saber que a Palavra de Deus está firmada no coração de cada jovem! Que maravilha é ter a certeza de que eles já venceram o Maligno!

3. QUANTO A NOSSA PUREZA NA CONDUTA

Billy Graham, ao falar sobre os jovens com base em Salmos 119.9, “Como pode o jovem manter pura a sua conduta? Vivendo de acordo com a tua palavra”, declara: “Não acredito que os jovens de hoje possam viver puros sem a ajuda de Deus. A pressão dos colegas é muito grande e as tentações nos filmes, na televisão e na música são exaustivas. Só Cristo pode dar a eles o poder para dizerem não.” (Reflexões de Billy Graham, p. 384).

Entendemos que essa recomendação é boa. Sim, para que a nossa juventude possa manter pura a sua conduta, todos nós devemos ajudar através do nosso exemplo. É evidente que quando pensamos na juventude e em nós, não podemos nos esquecer que estamos juntos na batalha espiritual que todos enfrentamos. Isso é uma realidade, seja em relação ao futuro que nos espera, seja quanto à nossa firmeza na Palavra em meio a uma sociedade tão insegura, ou em relação à nossa pureza na conduta em meio à tantas impurezas existentes no mundo.

Se nos mantermos juntos, seremos mais que vencedores! Parabéns à nossa juventude! Que o Senhor lhes abençoe!

Seu pastor e amigo,

J. Laurindo