Amor, oração e medicina

Amor, oração e medicina

Vivemos um tempo de muitos desafios espirituais, dentre eles temos: amar ao próximo como nos manda o Senhor, orar por aqueles que contrariam o coronavírus ou qualquer outra doença e contar com o apoio da ciência no combate às enfermidades.

Assim sendo, as igrejas que professam Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador, precisam urgentemente contar com os seus membros exercendo o amor ao próximo, orando pelos enfermos, e, clamando ao Senhor pelos profissionais de saúde.

No artigo, “O papel da Igreja em tempos de pandemia”, publicado na Internet sob o título: “Como a Igreja lidou com epidemias nos séculos passados? Veja exemplos e lições” (Fonte: https://guiame.com.br/gospel/mundo-cristao/como-igreja-lidou-com-epidemias-nosseculos-passados-veja-exemplos-e-licoes.html), há um destaque especial para três importantes aspectos da vida cristã nesses tempos de pandemia.

São eles:

1) A importância do amor ao próximo

O segundo mandamento deixado para os cristãos pelo Senhor Jesus é: “Ame o seu próximo como a si mesmo” (Mt 22.39). E, em tempos de pandemia não temos outra opção, precisamos praticar o amor ao próximo. É tão importante que, como diz Glenn Shunsine, professor de História na Universidade Estadual do Centro de Connecticut, em artigo publicado para Mission Frontiers, “pode significar distanciamento social para que não corramos o risco de infectá-los como Lutero sugeriu, mas também pode significar ir a áreas onde corremos o risco de contrair a doença”.

2) A importância da oração

Esse artigo dá também um destaque para “a importância da oração em tempos de pandemia, junto com o tratamento médico formal”. ABíblia diz que devemos orar uns pelos outros e também pelos enfermos: “A oração feita com fé curará o doente; o Senhor o levantará. E se houver cometido pecados, ele será perdoado” (Tiago 5.15). O referido professor mostra, “que muitos milagres foram registrados nas crises epidêmicas ao longo da história: “Não é incomum encontrar relatos de curas milagrosas em resposta à oração em epidemias em várias partes do mundo nos últimos 200 anos”… e, que, “Deus continua a curar em resposta à oração…” Sim, quando oramos depositando nossa fé no Senhor, Ele vem ao nosso encontro e nos socorre nos momentos mais difíceis da vida, seja na saúde ou na enfermidade.

3) A importância da medicina

Esse é terceiro elemento de valor nesses tempos de pandemia. O professor Glenn Shunshine declara que: “Desde os primeiros séculos, os cristãos reconheceram a medicina como um bom presente de Deus e utilizaram os melhores conhecimentos médicos e tecnologias disponíveis; eles também defenderam seguir os conselhos médicos”.

Fica para nós, esse grande desafio: praticar o amor ao próximo, orar pelos que foram acometidos do coronavírus ou outra enfermidade e contar com o apoio da ciência no combate a tão desafiadora enfermidade.

Para tanto, o Senhor nos abençoe.

Seu pastor e amigo,

J. Laurindo