Velas no Natal

Velas no Natal

Por que os homens acendem velas no Natal? Há uma antiga lenda que nos conta como o costume começou.

Havia, em uma pequena vila na Áustria, um sapateiro tão pobre que ninguém lhe invejava a sorte, mas ele era rico em outros pontos. Na sua comunidade, ninguém lhe igualava a bondade do coração. Assim, para encorajar os cansados trabalhadores que podiam estar procurando abrigo, todas as noites colocava uma vela acesa na sua janela.

Os seus vizinhos relatam que, em uma Véspera de Natal, ele amanheceu cantando, jubilosamente, enquanto executava o seu rotineiro e árduo trabalho. Perguntaram-lhe, então, o motivo de sua alegria. “Bem, ontem à noite fui visitado pelo Menino Jesus.”

Alguns se mostraram céticos e zombeteiros com a sua revelação. Um ano após, na santa e abençoada Noite de Natal, sem que houvesse uma prévia combinação, os moradores da aldeia decidiram colocar em suas janelas velas acesas.

Na manhã seguinte, ocorreu um verdadeiro milagre: um manto de neve cobria as rústicas casas (evento não verificado havia muitos anos), e os homens, exultantes, cantavam baladas de Natal, e anunciavam o término de uma terrível guerra que assolava o país muito tempo.

– Francis Howard (Extraído: OLIVEIRA, Moysés Marinho de. Manancial de Ilustrações. Rio de Janeiro: Junta de Educação Religiosa e Publicações, 1983.)