As pandemias hão de passar

As pandemias hão de passar

O Professor John Lennox tem estudado as pandemias que têm atingido o mundo no período pós-primeira vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. Em uma de suas últimas obras, “Onde está Deus em um mundo com coronavírus?” (Rio de Janeiro: CPAD), ele as enumera:

1) “a chamada peste Antonina ou Praga de Galeno, ocorrida entre os anos 165-180 d. C. (…); cerca de cinco milhões de pessoas” morreram;

2) “a Praga de Justiniano que aconteceu entre 541-542 d. C.; calcula-se que mais de vinte e cinco milhões de pessoas morreram”;

3) A “peste bubônica, conhecida como a Peste Negra”, ocorrida entre 1346 -1353, destruiu a vida de um número estimado entre 70 e 100 milhões de pessoas que habitavam a Eurásia, reduzindo “a população mundial em cerca de vinte por cento” (p. 21).

Além dessas, o referido autor relaciona outras pandemias:

1) “Cólera”: que aconteceu “no século 19 e no início do século 20, nas quais houve mais de um milhão de mortos”;

2) “Gripe”: esta “ceifou a vida de 20 a 50 milhões” de pessoas nos anos 1918-1920;

3) “Gripe asiática”: na qual morreram “dois milhões de pessoas”; nos anos 1956 e 1958.

4) “A gripe de Hong-Kong”: nos anos de 1968-1969 que matou “outro milhão” de pessoas. Com muita propriedade, John Lennox mostra que: “O coronavírus e todas as pestes que têm assolado o mundo não mais existirão: a coroa da justiça que será dada aqueles que amam o Senhor Jesus nunca perecerá ou perderá o seu valor” (p. 89). Assim sendo, temos a certeza de que a pandemia que está presente no mundo de hoje e qualquer outra que surgir, hão de passar. A única coisa que permanece para sempre, como diz Paulo, é a coroa da justiça que está reservada para todos os que creem no Senhor Jesus, nosso “justo Juiz”. Para tanto, Deus nos abençoe! Pr. Laurindo

Com muita propriedade, John Lennox mostra que: “O coronavírus e todas as pestes que têm assolado o mundo não mais existirão: a coroa da justiça que será dada aqueles que amam o Senhor Jesus nunca perecerá ou perderá o seu valor” (p. 89).

Assim sendo, temos a certeza de que a pandemia que está presente no mundo de hoje e qualquer outra que surgir, hão de passar. A única coisa que permanece para sempre, como diz Paulo, é a coroa da justiça que está reservada para todos os que creem no Senhor Jesus, nosso “justo Juiz”.

“Agora me está reservada a coroa da justiça, que o Senhor, justo Juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amam a sua vinda” (2 Timóteo 4.8)

Para tanto, Deus nos abençoe!

Pr. Laurindo