Firmeza nas aflições

Firmeza nas aflições

Vivemos um momento de grande dificuldade para toda a humanidade. Nunca vimos o planeta parado devido a uma doença. Nem mesmo as duas grandes guerras mundiais pararam o mundo como hoje presenciamos. Estávamos acostumados a ver esse tipo de situação somente em obras cinematográficas ou literárias, como “A Peste”, de Albert Camus (1947).

Preocupados, perguntamos sobre quando a atual conjuntura chegará ao fim. Tememos as possíveis consequências dessa crise, como o caos econômico, dentre outros problemas que nos vêm à mente e que nos deixam ansiosos e receosos quanto ao futuro.

Embora o mundo esteja vivendo essa situação, Deus nos lembra que Ele está sempre conosco. Por mais que nos encontremos em um momento semelhante ao de uma guerra (sem bombardeios ou ataques de tanques, etc.), o Senhor nos mostra, em sua Palavra, que Ele está ao nosso lado.

“Mas agora, assim diz o Senhor que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu. Quando passares pelas águas, eu serei contigo; quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti.” Isaías 43.1,2

O Senhor é maior do que a água, o Senhor é maior do que o fogo. Por mais que estejamos passando por esse caos mundial devido à COVID-19, Deus é maior do que as pestes e as doenças. O mundo pode ficar desesperado, mas nós temos o Senhor ao nosso lado. Ele não nos abandona nos momentos de dificuldade, muito pelo contrário, são nas aflições que Deus sempre se mostra presente. Foi Ele quem nos criou, nos deu a vida, nos chamou e segura em nossas mãos, guiando-nos para o lugar onde devemos estar.

Que reconheçamos, diariamente, que Deus tem sempre o melhor para as nossas vidas e que não estamos sozinhos nas nossas aflições, pois Ele permanece sempre ao nosso lado. Que depositemos nossa confiança totalmente no Salvador e Senhor de nossas vidas.

Pablo Sant’Anna