Novas realizações

Novas realizações

A cada mudança de ano, novas oportunidades surgem na vida. Na obra de Deus não é diferente. Sempre temos algo novo a fazer. A Bíblia tem orientações específicas nesse sentido. Uma delas é: “Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o com todas as tuas forças, porque na sepultura, para onde vais, não há trabalho, nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria” (Eclesiastes 9.10).

Neste novo ano, devemos colocar a nossa vida à disposição do Senhor para realizar a sua obra seja em casa, nos estudos, no trabalho, na Igreja ou em um campo missionário. A necessidade é grande. Os campos estão brancos para a ceifa! (ver Jo 4.35).

Neste novo ano, devemos, também, estar atentos para a urgência da proclamação do Evangelho. Quem sabe, 2020, há de ser um tempo apropriado para que possamos cumprir mais uma vez a profecia de Isaías, confirmada por Jesus, “para proclamar o ano aceitável do Senhor” (Lucas 4.19).

Que neste ano, ao pensarmos em novas realizações, estejamos certos de que Deus requer o melhor de nós. Sua palavra diz: “Maldito aquele que fizer a obra do Senhor relaxadamente” (Jeremias 48.10). Deus deseja que sejamos cuidadosos na sua obra. Ele quer que sejamos pontuais, que sejamos fiéis na entrega dos dízimos e ofertas, no uso de nossa voz, de nossos talentos e de tudo o que somos.

Para que possamos realizar algo novo em 2020, precisamos também trabalhar nossos relacionamentos como irmãos e irmãs em Cristo Jesus. Sejam relacionamentos dentro de casa, na Igreja, na escola, no trabalho e em qualquer lugar onde estivermos. Que tal, neste novo ano, investirmos tempo para fazer novos relacionamentos de amizade e de amor em Cristo Jesus!

Que neste ano possamos fazer muito mais para o Senhor! Que haja conversões de almas, que mais pessoas sejam batizadas cumprindo essa importante ordenança de Jesus, integrando-se em sua Igreja!

Que em 2020, novas realizações aconteçam também no seio da família cristã! Assim sendo, todos poderemos dizer: “Eu e a minha casa serviremos ao Senhor”! (Josué 24.15b).

Para tanto, o Senhor nos abençoe,
Seu pastor e amigo,
J. Laurindo.