Avivamento no ano novo

Avivamento no ano novo

“Senhor, eu ouvi a tua fama e temi! Ó Senhor, aviva a tua obra no decorrer dos anos, faz que ela seja conhecida no decorrer dos anos; na tua ira, lembra-te da misericórdia” (Habacuque 3.2).

Esse versículo fala da necessidade que todos nós temos: ver Deus realizando um grande avivamento no meio do seu povo no decorrer do ano de 2020. Não me refiro a um movimento de barulho ou de gritaria, mas sim, a uma experiência real que demonstre que em nossa vida habita o Espírito Santo, pois, é por meio Dele que a obra de Deus é feita e não por nossa força nem por violência, como ensina o profeta Zacarias (ver capítulo 4.6b).
Será que podemos ter um avivamento espiritual no meio de nossas igrejas no decorrer do ano que vem?

Cremos que sim, pois essa doutrina bíblica vem sendo proclamada no mundo desde o tempo dos profetas, dos apóstolos e da igreja primitiva.
Para nós, batistas brasileiros, o avivamento espiritual foi anunciado pelo missionário William E. Allen em sua obra História dos Avivamento Religiosos, publicada pela então Casa Publicadora Batista, em 1958.

Uma de suas preocupações era: “O que os crentes no Brasil podem fazer para cooperar com Deus neste triunfo espiritual”. Aqui Allen indica quatro requisitos:

a) Ter fé: “A fé não se preocupa com os meios que se hão de empregar, nem com a falta deles. Conta com a promessa de Deus. A fé refere-se à vontade de Deus, e só a ela; … A fé não consulta nem a carne nem o sangue. É
exatamente quando as coisas a fazer estão além da sabedoria e força humanas que há mais lugar para a fé, pois há claramente necessidade de energias e poder do Espírito Santo” (p. 97).

b) Orar: Allen crê que a “oração fervorosa, perseverante e sincera é a única maneira de conseguir a vitória” (p. 97). Se queremos ter um avivamento espiritual, basta investirmos tempo em oração.

c) Obedecer: Allen também fala de “Obediência absoluta à Bíblia e à voz do Espírito” como um dos mais importantes requisitos para o avivamento espiritual. Ele diz: “No momento em que recusarmos a orientação [do
Espírito], ali acaba-se a visão, abafa-se a voz, desparece o gozo de sentir Sua presença e ficamos sem direção” (p. 98). Se queremos ver um verdadeiro avivamento espiritual acontecendo em nossas vidas no ano que vem, devemos obedecer diariamente à voz do Espírito Santo!

d) Santificação de vida: Esse é o último requisito apresentado por Allen para o avivamento espiritual. Ele declara: “É claro que somente vidas puras e consagradas podem ser os instrumentos que Deus usa num avivamento” (p. 98). A Bíblia mostra que sem a santificação ninguém verá o Senhor (Hebreus 12.14). Se queremos ter um avivamento espiritual devemos buscar a santificação de nossas vidas em todos os dias.

Que neste ano de 2020 permitamos que o Espírito Santo nos use na promoção de um poderoso avivamento espiritual, no qual possamos exercitar a nossa fé, orar mais, obedecer à voz do Espírito e buscar a santificação de nossas vidas!

Para tanto, Deus nos abençoe.
Seu pastor e amigo,
J. Laurindo.