Há lugar para Jesus Cristo em sua vida?

Há lugar para Jesus Cristo em sua vida?

Para o nascimento de Jesus Cristo, nenhuma preparação foi feita. Não havia sequer uma pensão, uma casa, um colégio, uma clínica neonatal ou um palácio preparado para que pudesse receber Maria naquele importante momento do nascimento do Filho de Deus. O Dr. Lucas registra: “e ela teve seu filho primogênito; envolveu-o em panos e o colocou em uma manjedoura, pois não havia lugar para eles na hospedaria” (Lucas 2.7). Para esse médico deve ter sido muito difícil fazer esse registro. Afinal, ele deveria saber que se tratava do registro de nascimento do Rei dos reis, do Senhor dos senhores, do Filho de Deus!

Geralmente, o que se vê hoje em dia são bebês que nascem em maternidades, na maioria dos casos, com tudo preparado. Quando uma mãe chega para dar à luz a seu filho, há sempre um lugar para recebê-lo. Mas para o nascimento de Jesus, não havia sequer um berçário. Ele foi colocado em uma manjedoura, um local onde os bois, vacas, cavalos e
éguas comiam. Não era o local para se receber um bebê. Isso tudo porque as estrabarias estavam lotadas. Parecia até alta temporada. Não havia vagas. Ninguém recebeu, em particular, uma mulher às vésperas de dar à luz. Os donos de pousadas devem ter dito à família de José: Não adianta sair por aí tentando encontrar outra acomodação. Está tudo cheio! Lotação completa! Não há vagas! Diante de tão grande desafio, a família de José não teve outra opção. Saiu à procura de um local para que Jesus nascesse e encontrou algo completamente estranho, uma estrebaria!

Na cabeça de Maria, isso deve ter sido muito difícil. O que vai acontecer se o bebê nascer aqui, sem obstetra, sem pediatra, sem enfermeiras, sem um berço, sem ninguém para me ajudar? Será que vai contrair uma infecção? Alguém poderá visitar-nos? Talvez os nossos amigos estranhem o perfume do local, cheirava estrume de animais. E, o endereço, onde era? Em qual clínica, em qual maternidade? Nada disso! Era numa estrabaria. Por isso,
Lucas registrou: “não havia lugar para eles na hospedaria”.

Otto A. Goral diz: “Para os seguidores do Menino na manjedoura não havia lugar num mundo adverso e hostil.” … “Também no século vinte [e eu diria vinte e um], capaz de alojar e aplaudir as figuras e doutrinas mais ousadas e excêntricas, não há lugar para o Emanuel, que veio salvar o que se havia perdido” (Manancial de ilustrações, p. 157).

Abra o seu coração para o nascimento de Jesus Cristo! Você está disposto a oferecer um lugar para ele em seu lar? Permita que ele se hospede em sua vida!

Para tanto, que Deus nos abençoe.
Seu pastor e amigo,
J. Laurindo.