TRANSFORMAÇÃO POSSÍVEL

DEVOCIONAL 16.7.2019

Quantas vezes você já ouviu a seguinte afirmação: “Eu sou assim mesmo, esse é o meu jeito!”? Talvez tenha ouvido até mesmo de seus próprios lábios!

Cremos e testemunhamos que o Senhor é poderoso para resgatar vidas do poder das trevas, assim como para realizar milagres de cura. Conhecemos, por exemplo, pessoas que antes eram escravas das drogas e, agora, estão rendidas aos pés do Senhor e completamente restauradas. Em nossas famílias e igrejas nos alegramos com os milagres operados por Deus.

Em nossos corações não há dúvidas sobre o poder do Altíssimo e temos certeza de que agindo Deus, quem impedirá? (Isaías 43.13). Mas, quando a questão é algo relacionado a comportamento, temperamento ou atitudes, a reação mais comum é de uma resignação até, ouso dizer, pecaminosa!

Ora, se temos certeza que o Criador do Universo pode todas as coisas, inclusive milagres, por que não colocar também diante dEle: a impaciência, a fofoca, o orgulho, a vaidade, a arrogância, o mau uso do tempo, o hábito de sempre culpar os outros, os maus pensamentos, etc.? Grande parte dessas características estão escondidas dos olhares e julgamentos dos demais, só nós mesmos e o Senhor sabemos dessas dificuldades. Mas, não precisamos aceitá-las como eternas em nossas vidas!

Como é maravilhoso saber que: “…Aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo” (Filipenses 1.6). O mesmo Deus que tem poder para nos salvar das garras do pecado é poderoso para transformar tudo em nós, para Sua glória!

Assim como fez o salmista, é imprescindível buscar ao Senhor em oração, pedindo: “Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos. E vê se há em mim algum caminho mau, e guia-me pelo caminho eterno” (Salmos 139.23,24). E, ao receber a resposta do Espírito Santo confirmando que algo precisa ser mudado, podemos clamar ao Deus Altíssimo que nos transforme! Ele é especialista nisso!

Em 2Coríntios 3.18 lemos: “Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor.” Que busquemos a comunhão com o Pai, sem qualquer véu de impedimento, perseverando em oração e na leitura da Palavra, e que o Espírito Santo nos transforme a cada dia, de glória em glória, até sermos verdadeiramente semelhantes ao Senhor Jesus!

Raquel Pimentel
Administradora, Escritora e Líder da Organização Infantil Amigos de Missões.