TRANSFORMADOS PARA SERVIR

DEVOCIONAL 05.07.2019

O apóstolo Paulo nos deu, em Romanos 12.1-8, um direcionamento muito preciso para que pensemos neste momento de mais uma Ação Jesus Transforma Niterói.

Entendamos que o nosso trabalho na missão é norteado pela misericórdia de Deus. Toda ação da igreja deve ser realizada com a visão de que é a plenitude do amor de Deus para quem sofre. Se todos pecamos e nosso futuro seria a morte, é a misericórdia de Deus agindo por meio dos seus servos.

Em vez de oferecermos sangue e animais, como no Antigo Testamento, devemos oferecer os nossos corpos: nosso trabalho. Jesus já derramou o Seu sangue para nosso perdão. Demonstremos este amor e graça nos entregando para oferecer a misericórdia de Deus a quem necessita. Às vezes, um olhar carinhoso, um reconhecimento da existência do próximo.

Para sermos relevantes, precisamos iniciar a transformação em nós mesmos. Quando levamos o amor de Deus ao nosso próximo, somos nós quem nos beneficiamos. O amor ofertado faz com que tenhamos uma dimensão mais próxima da ação do Espírito Santo e nos conscientizamos da boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

Assim, precisamos de transformação, que significa fazer algo novo a partir de algo existente. Mudamos situações através de métodos específicos usando os nossos dons. É importante saber que todos temos dons e são estes dons que fazem com que cada membro da nossa comunidade de fé seja um agente da mudança.

Transformar implica em transferência e, esta, ocorre através da capacitação que o Espírito dá a cada crente. Lembrando de Romanos 12, temos diferentes dons, de acordo com a graça que nos foi dada. Se alguém tem o dom de profetizar, use-o na proporção da sua fé. Se o seu dom é servir, sirva; se é ensinar, ensine; se é dar ânimo, que assim faça; se é contribuir, que contribua generosamente; se é exercer liderança, que a exerça com zelo; se é mostrar misericórdia, que o faça com alegria.

Qual será a sua participação, com seus dons, na Ação Jesus Transforma? Nossos corações têm espaço para que toda esta misericórdia de Deus seja distribuída. Só precisamos abrir nossos corações para mudarmos nossa Niterói através da Igreja.

Somos muitos membros, mas temos de ser um só corpo. Podemos ser agentes da misericórdia de Deus, como o cântico: “A começar em mim, quebra corações pra que sejamos todos um, como Tu és em nós”.

Abra-se e transforme!

Daniel Júnior